Amsterdam em frases

Acabei de ler Amsterdam, do Ian McEwan, e uma das coisas que tenho o costume de fazer enquanto leio é anotar as frases que mais gosto e aí resolvi colocá-las aqui também.

Durante uma incomum calmaria no meio da manhã, Vernon Halliday voltou a pensar que talvez não existisse. Ao longo de trinta segundos sem nenhuma interrupção, ficou sentado diante da escrivaninha apalpando de leve a cabeça com as pontas dos dedos, preocupado. Desde que havia chegado ao Judge duas horas antes, ele já falara, em separado e intensamente, com quarenta pessoas. Não apenas falara: exceto em dois casos, decidira, priorizara, delegara, escolhera ou dera uma opinião que seria interpretada como ordem. Esse exercício de autoridade não havia tornado mais agudo seu senso de individualidade como costumava acontecer; em vez disso, Vernon tinha a impressão de estar infinitamente diluído; ele era apenas a soma de todas as pessoas que o tinham ouvido e, quando se encontrava a sós, não era nada.

 

Sabemos tão pouco sobre os outros. Permanecemos em geral submersos, como icebergs, com nossas identidades sociais visíveis projetando apenas o que temos de branco e frio. Aqui estava uma rara visão do que fica sob as ondas, da privacidade e dos distúrbios de um homem, de sua dignidade demolida pela necessidade esmagadora da fantasia pura, do pensamento puro, pelo irredutível elemento humano – a mente.

 

Quando alguém sofre com uma injustiça, ocorre às vezes que o gosto pela vingança se combina de modo muito útil com o senso de dever.

 

“Ela foi apanhada totalmente de surpresa.”

“Quando percebeu, já era tarde.”

“Chegou rápido demais.”

“Coitada da Molly.”

“É…”

Coitada da Molly.

Advertisements
Tagged , , , , , ,

2 thoughts on “Amsterdam em frases

  1. Juliana Rabelo says:

    “Quando alguém sofre com uma injustiça, ocorre às vezes que o gosto pela vingança se combina de modo muito útil com o senso de dever.”

    Essa frase me definiu um pouco XD Sempre acho isso…Engraçado que eu sou uma pessoa muito vingativa nos pensamentos, mas jamais teria coragem de me vingar de vrdade xD E sempre acabo ficando com essa sensação de “dever não cumprido” XD

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: