Até mais, e obrigada pelos peixes!

Então, era para o mundo ter acabado hoje… ou ainda vai acabar, talvez ainda acabe! Eu fiquei de olho nos golfinhos, pra ver se conseguia uma carona quando eles dessem no pé, mas nada aconteceu e por isso passei a duvidar desse fim de mundo fajuto. Mas, caso esteja errada e o mundo acabe nas próximas horas, vou deixando aqui um recado final (que não vai ser lido por ninguém, porque se o mundo acabar o blog acaba junto… nem faz muito sentido!).

Se você sobreviveu ao fim do mundo e está lendo isso, então tente viver a sua vida fazendo aquele clichê idiota de seguir o seu coração. É, eu sei, isso é coisa de filme da Disney, mas o fato é que a gente cresce e esquece que o motivo dessa ser a moral da história de 99% dos contos infantis é por ser verdade. Não viva para satisfazer os outros, não viva pelos outros, não tente agradar os outros, porque no final você vai estar sozinho de qualquer jeito. Então agrade a si mesmo, faça coisas que melhorem você como pessoa, que te deixem feliz e que te orgulhem pessoalmente.

E quando você for fazer alguma coisa, criar alguma coisa (seja pintura, fotografia, escrita, desenho, etc.), tenha certeza de que aquilo vem direto do seu coração. Não quero escrever algo engraçado para os outros, quero escrever algo engraçado para mim; não quero escrever algo importante para os outros, mas para mim. Tentar ser outra pessoa é um tiro no pé, porque aquela pessoa vai sempre ser melhor em ser ela mesma que você.

A única coisa que você pode oferecer ao mundo que seja diferente de todo o resto é você mesmo. Então se você escrever, pintar, desenhar, compor, fotografar, um caminho direto do seu coração, pode ter certeza que o resultado será único no mundo, porque vai ser você. E ninguém é melhor em ser você que você mesmo.

Se o mundo acabar hoje, essa vai ser a lição que eu vou levar. E essa seria a lição que eu gostaria de deixar.

Mais algumas sugestões: leia a maior quantidade de livros que você puder; jogue videogame, veja seriados, leia revistas em quadrinhos e assista filmes; fale para a as pessoas o que elas significam pra você (para o bem e para o mal); aperte o botão ‘foda-se’ com mais frequência e escolha muito bem as suas brigas, a maioria delas não vale a pena; escute críticas e elogios, mas leve em consideração quem os está fazendo; estude e aprenda, acumule conhecimento como quem quer acumular dinheiro; use mais a sua imaginação.

Acho que é isso…

Até mais, e obrigada pelos peixes!

Advertisements
Tagged , , , ,

2 thoughts on “Até mais, e obrigada pelos peixes!

  1. Juliana says:

    adoreeeeeeei, gabi! preciso eu mesma levar algumas dessas coisas a sério, senão ficarei insana D=

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: