Dor é inevitável, sofrimento é opcional

Comprei o livro autobiográfico do Haruki Murakami, Do que eu falo quando eu falo de corrida, em que ele fala sobre sua experiência como maratonista (e depois triatleta) e conta como ela foi importante em sua formação como escritor. Eu queria ler esse livro porque o Murakami é um dos meus escritores favoritos, preciso de incentivo para me exercitar e porque adoro saber do processo de outros escritores na intenção de descobrir o meu próprio processo de criação.

Ainda não comecei a ler, mas no caminho para casa eu li a apresentação, também escrita por ele, e uma história ali me pegou de surpresa e, talvez por ser fim de ano, me pareceu uma enorme lição a ser levada para a vida.

O Murakami conta que, certa vez, estava lendo uma reportagem sobre maratonistas cujo tema era ‘o que você pensa durante a corrida’. Ele achou isso interessante, porque ninguém fala sobre isso e, mais, uma maratona é algo difícil de correr, porque é longa e muito cansativa e aí é necessário ter, além da parte física, uma boa preparação psicológica. Um dos entrevistados contou que ele tinha um mantra que repetia nas piores partes da corrida, esse mantra tinha sido ensinado por seu irmão, também maratonista: “A dor é inevitável. Sofrer é opcional.”

Quando leu isso, o Murakami notou que essa era a maior lição que se podia tirar de uma maratona, e que essa lição não era só útil só para a corrida, mas também para a vida.

Sentir dor é uma realidade inescapável, mas continuar ou não suportando é algo que cabe ao corredor. (Haruki Murakami, Do que eu fato quando eu falo de corrida)

Não existe forma de escapar da dor. É algo que está completamente fora do nosso controle e que não tem como fugir. Vamos nos machucar, cair, doer, sangrar, cortar, despedaçar. Mas, embora tudo isso seja inevitável, a forma com que lidamos com esta dor é escolha nossa.

Obrigada por me ensinar isso bem no fim de 2012, Murakami. Em 2013 eu quero correr mais, escrever mais e sofrer menos.

Advertisements
Tagged , , , ,

One thought on “Dor é inevitável, sofrimento é opcional

  1. Juliana Rabelo says:

    Eu tbm preciso levar isso pra vida x.x

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: