Monthly Archives: January 2016

Seu amor é o lugar de onde eu vim

maxresdefault

Hoje é aniversário da minha mãe. Eu nunca sei o que falar sobre ela, como descrevê-la ou mesmo como tentar encontrar palavras para dizer o quanto ela é importante para mim. O mais próximo que consigo chegar é usando uma frase do Guimarães Rosa: “A Mãe da gente era a Mãe da gente, Só.

Dentro desse Só do final tem tanta coisa que parece não ter fim. Todos os dias eu descubro na minha mãe algo diferente para admirar, me inspirar e amar. Não que tudo seja perfeito entre nós, claro que não é. Até porque, como é que poderíamos dar valor para as coisas boas se não existissem as ruim para comparar? Mas nós tentamos. E, mais importante, nós tentamos juntas.

Quando a minha mãe olha para mim, ela vê o melhor de mim. Às vezes, eu me sinto uma fraude. Porque eu nunca vou conseguir ser tão brilhante quanto aquele meu reflexo em seus olhos. Mas saber que alguém te vê assim, saber que a sua mãe acredita em você incondicionalmente e que vai estar lá tanto para comemorar suas vitórias quanto para sorrir e te mandar levantar a cabeça em seus fracassos. Saber disso me faz querer ser melhor. Me faz querer tentar ser, nem que seja um pouquinho, a pessoa que ela enxerga quando olha pra mim.

Obrigada por tudo, mãe. Eu amo você. Agora e para sempre.

 

Advertisements
Tagged , , ,