Birthright e Conquest (Revelation, em breve)

otryyxqvpfh9nrejk8ky1

Fire Emblem Fates

Estou há algum tempo sem postar por um motivo, ou melhor, dois. É que eu comprei os dois novos Fire Emblem, e aí o jogo está tomando todo o meu tempo. Estava esperando esses lançamentos desde que foram anunciados, porque adorei Fire Emblem: Awakening, e aí quando vi que já estavam disponíveis entrei num questionamento profundo sobre qual das duas versões comprar. Depois de alguma pesquisa na internet para descobrir quais eram as diferenças, resolvi a melhor opção era comprar as duas logo de uma vez. E, claro, ainda vai ter a Revelations (que não fui ver se já saiu por motivos de não ir à falência total, mas que quero também).

Decidi começar por Birthright e acho que ainda não cheguei nem na metade, apesar das muitas horas jogando. Vou terminar esse antes de começar Conquest, apesar de ter me dado muita curiosidade para saber como a história se desenrolaria se eu tivesse escolhido ir por outro caminho. Aliás, essa é a parte mais legal do jogo e também a jogada de gênio do povo que fez (para vender o dobro dos jogos).

3004669-fireemblem_scrn_005

Fire Emblem Fates conta a história de dois reinos em guerra e, em determinado momento no começo do jogo, o seu personagem pode escolher com qual dos dois deseja se alinhar. Eles te dão motivo o suficiente para escolher as duas opções e não é nada maniqueísta, apesar de estar claro qual dos reinos tem um posicionamento mais ético. A opção é basicamente: lutar contra um ditador corrupto lado da sua família de sangue (Birthright) ou permanecer ao lado do ditador junto com a família com quem você cresceu e trabalhar para derrubá-lo de dentro para fora (Conquest). Na terceira versão do jogo, Revelations, você pode escolher não se alinhar com nenhum dos dois reinos e fazer seu próprio caminho. É uma história bem complexa, com personagens muito bacanas e gameplay super divertido e cheio de opções.

Estou viciada, claro.


Jacob Tremblay and Brie Larson in "Room" from EPK.tv

O Quarto de Jack

Semana passada eu assisti O Quarto de Jack e foi uma experiência tensa. Eu adorei o filme, achei a história muito tocante, a direção delicada e original, as atuações espetaculares e o roteiro muito bem escrito. Para além do objetivo, o filme mexeu muito comigo. Decidi assistir porque tinha a Brie Larson (uma atriz que gosto muito desde United States of Tara e Scott Pilgrim Contra o Mundo) e porque tinha escutado falar muito bem, mas não esperava que fosse tão forte assim. Conta a história de uma mãe e um filho que vivem dentro de um galpão. A mãe, quando tinha 19 anos, foi sequestrada e, mantida presa desde então, é vítima de todo o tipo de abuso. Acabou grávida dois anos depois, resulto dos estupros recorrentes, e tem seu filho dentro dessa prisão. O menino, Jack, cresce achando que aquele local escuro e apertado é a única coisa que existe no mundo, já que a mãe escolhe mantê-lo a salvo da situação terrível em que se encontram.

Essa é a premissa do filme, partindo desse ponto, a história fala sobre amor e dor e desespero e esperança. O grande trunfo do filme foi escolher contar a história de amor entre uma mãe e um filho ao invés da história de um crime. Eu acho que não teria nem 1/3 da força se fosse diferente. É um filme estranho, porque não é exatamente triste e pessimista, mas parte seu coração o tempo todo. E no final, apesar da tragédia não ter se tornado menos horrível, ele te faz sentir amor e esperança. Eu adorei por causa desses sentimentos contraditórios. Eu adoro obras que me fazem sentir feliz e triste ao mesmo tempo, espero um dia conseguir contar uma história que tenha esse efeito em alguém.


 

Sobre o que estou assistindo: Maratonando a quarta temporada de House of Cards. Ainda faltam dois episódios para terminar, mas o que eu posso dizer são apenas duas palavras: Claire Underwood. Que mulher maravilhosa!

 

 

Advertisements
Tagged , , , , , , , , , , , , , , , ,

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: