Monthly Archives: February 2015

Algumas verdades universais

1. É trabalho e missão de um melhor amigo limpar o histórico do computador do outro quando este morrer.

2. Nenhum momento é pior que aquele em que você percebe que está errado no meio de uma discussão.

3. Você vai para sempre se arrepender de não ter aproveitado aquelas sonecas que não quis tirar quando criança.

4. Uma das maiores necessidades da humanidade é uma fonte exclusiva para sarcasmo.

5. Um dia, você vai perceber que não é possível passar e dobrar um lençol de elástico.

6. O Google Maps deveria sempre começar a partir do item 5, uma vez que ninguém precisa de direções para sair da própria vizinhança.

7. Obituários seriam mais interessantes se explicassem como a pessoa morreu.

8. Decisões ruins criam boas histórias.

9. Não é possível prever, mas em algum momento durante seu trabalho, você vai sentir a completa certeza de que será impossível fazer qualquer coisa produtiva até o fim do dia.

10. “Não coloque na máquina e nem lave a seco” – quer dizer que esta peça de roupa não deve ser lavada. Nunca.

11. Mantenha em seu celular o número daquelas pessoas com quem você não quer falar, só pra ter certeza que são elas mesmas quando ligarem, e você não precisar atender.

12. Você vai assistir novamente alguns filmes que viu quando criança e perceber que, naquela época, não fazia a menor ideia do que estava acontecendo.

13. É melhor carregar 10 sacolas do que fazer duas viagens ao supermercado.

14. Todo mundo tem dificuldades em distinguir tédio de fome.

15. Ninguém sabe quantas vezes é apropriado perguntar “O que?” antes de simplesmente sorrir e concordar quando você não consegue ouvir ou entender o que a outra pessoa tá dizendo.

16. Camisetas sujam. Roupas de baixo sujam. Calças não sujam, você pode usá-las para sempre.

17. Sim, adolescentes ficam mais burros a cada ano que passa.

18. Não existe medo maior do que aquele milésimo de segundo em que você tem certeza que vai morrer ao inclinar demais sua cadeira para trás.

19. É completamente normal olhar no relógio três vezes consecutivas e ainda assim não fazer a menor ideia de que horas são.

(adaptado de uma porrada de listas e comentários no pinterest)

Advertisements